Acessibilidade

Seped promove atividades em alusão ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo

A programação no Magdalena Arce Daou contou com atividades pedagógicas, recreativas e psicomotoras | Fotos: Zeca Barcellos

Uma manhã cheia de atividades pedagógicas, recreativas e psicomotoras fez parte da programação organizada pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Seped) nesta sexta-feira (05/04), no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, na zona oeste da cidade. A ação aconteceu em alusão ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo, comemorado no dia 2 de abril.

A gerente de projetos da secretaria, Gisele Amaral, disse que a programação foi pensada como forma de inclusão, respeitando as limitações das pessoas que têm a síndrome do Autismo.

“A programação foi pensada no intuito de oportunizar o esporte, a cultura, o lazer, a recreação. A gente entende que a pessoa que tem autismo consegue interagir em todas as áreas, desde que nós possamos criar atividades específicas desenvolvidas e pensadas para eles”, explicou a gerente.

A coordenadora pedagógica da Associação dos Amigos dos Autistas do Amazonas (AMA/AM), Zandra Campos, aprovou as atividades promovidas pela Seped. A AMA/AM levou ao Centro de Convivência cerca de 20 crianças e jovens que tem autismo.

“Para eles esse ambiente é novo, então é importante que nós possamos começar a incluir as pessoas com autismo em todos os meios. Esse tipo de atividade é muito importante para que eles possam desenvolver as atividades deles, também”, disse.

A secretária da Seped, Viviane Lima, disse que foi surpreendida ao ser recebida com alegria por mães, pais e presidentes de associações do segmento da pessoa com autismo.

“Nós preparamos com tanto cuidado, com tanto carinho este evento e eu fui realmente surpreendida pela receptividade. Isso só mostra que estamos no caminho certo e que o trabalho que nós queremos colocar, que é a humanização, a inclusão de fato, está acontecendo. Espero que possamos realizar eventos ainda maiores não só aqui na capital, mas também no interior. A sociedade está em transformação”, enfatizou a secretária.

Parcerias – Para a realização das atividades, a Seped contou com a parceria de outros órgãos como a Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Programa ‘Viva as Diferenças’ e Abrigo Moacyr Alves.

O coordenador do Centro de Convivência Magdalena Arce Daou, Hira Nascimento, afirmou que a ideia é de que outros eventos em parceria com a Seped sejam realizados ao longo do ano.

“Nosso objetivo é o atendimento humanizado dentro do Centro. Nós já trabalhamos com projetos de inclusão, onde temos crianças com Autismo e Síndrome de Down. E teremos, sim, uma grande satisfação em receber outros eventos com parceiros como a Seped”, afirmou.


Reportar Erro