Acessibilidade

Seped inicia atividades da Semana Down no Centro Cultural Povos da Amazônia 

A programação faz parte das comemorações em alusão ao Dia Internacional da Síndrome de Down | Fotos: Zeca Barcellos
 
Muitas atividades divertidas e educativas marcaram o início da programação alusiva à semana comemorativa ao Dia Internacional da Síndrome de Down no Centro Cultural dos Povos da Amazônia (CCPA). A ação faz parte da campanha ‘O amor não conta cromossomos’, da Secretaria dos Direitos da Pessoa Com Deficiência (Seped) e segue até sábado (23/03).
Desde às 9h, 25 pessoas assistidas pelo Abrigo Moacyr Alves (AMA) e pela Associação dos Deficientes Intelectuais do Amazonas (Adiam) participaram de atividades no CCPA, conheceram o Museu do Homem do Norte, bem como algumas tribos indígenas e seus costumes.
Crianças, jovens e adultos das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) puderam entender como acontece o Ritual da Tucandeira, da tribo Sateré-Mawé, realizado como iniciação, o rito de passagem dos meninos da tribo, da infância para a fase adulta. Atualmente, as mulheres da tribo também passam pelo rito.
A presidente da Adiam, Emília Aguiar, disse que a programação feita pela Seped foi uma grata surpresa. “Foi um passeio incrível, maravilhoso. Tenho certeza que vai ficar registrado na memória das crianças e dos pais. Muito gratificante estar aqui, hoje”, afirma.
 
Responsável pelo grupo do AMA, a profissional de Educação Física Vilma Fontão explicou que todas as atividades pensadas e executadas ao longo da manhã foram de grande valia para eles. “Foi de grande construção para eles e para a família. Eu, como profissional de Educação Física, o que eu mais quero é isso para qualquer criança, qualquer pessoa com deficiência tem que ter essa interação no esporte, na cultura. Isso é muito importante”, diz Vilma.
Circuitos psicomotores também fizeram parte da programação, encerrando a manhã com um piquenique na área externa do CCPA. Todas as atividades serão feitas com outras duas OSCs ainda na tarde de hoje.
Programação – A programação da campanha ‘O amor não conta cromossomos’, no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, segue até a próxima quinta-feira (21/03), Dia Internacional da Síndrome de Dow. Na sexta (22/03), as atividades serão no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques. No sábado (23/03), acontecem palestras voltadas ao tema da Síndrome de Down no auditório da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam).
 
● 19 a 21 de março
Local: Centro Cultural Povos da Amazônia, Avenida Silves, n° 2222, Crespo
Horários:
9h às 10h – Espaço recreativo com atividades de pintura, oficinas de cocar de palha, ação da tucandeira;
10h às 10h30 – Atividades psicomotoras com circuito motor;
10h30 às 11h30 – Piquenique e atração musical;
12h às 14h – Intervalo;
14h às 15h – Espaço recreativo com atividades de pintura, oficinas de cocar de palha, ação da tucandeira;
15h às 15h30 – Atividades psicomotoras com circuito motor;
15h30 às 16h – Piquenique e atração musical;
● 22 de março
Local: Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, Avenida Constantino Nery, ao lado da Arena da Amazônia
Horário: 18h às 23h
Ação: Encerramento da semana com a II Balada Flashdown – os passaportes para o evento podem ser adquiridos por meio dos telefone 99155-9845 (Helyvan) ou 99232-0653 (Val).
●23 de março
Local: Auditório da Fieam – Avenida Joaquim Nabuco – Centro
Horário: 8h às 13h
Ação: Palestras sobre ‘Inclusão & Educação: Ressignificando estratégias do cotidiano escolar’ e ‘Como empoderar pessoas com deficiência’.

Reportar Erro